Buscar
  • siteradiologicarv

O QUE É ISTO? Sistema Integrado de Mamografia, Ultrassonografia e Ressonância


Na matéria de hoje vamos explicar o que é e quais as vantagens de integrar estes exames, que buscam detectar o câncer de mama.


O Sistema Integrado é a junção e estudo em conjunto de três exames: Mamografia, Ultrassonografia e Ressonância Magnética. Desta forma, explica a Dra. Edna Cristina Padula Castro Prieto, “conseguimos examinar a mama desta paciente nos três métodos de imagem que existem para este tipo de avaliação”.


Pesquisas recentes, divulgadas pela Associação Médica Americana revelam que o ultrassom e a ressonância magnética ajudaram a detectar cânceres de mama pequenos, nódulo-negativos, os quais não são vistos na mamografia. A seguir, um breve detalhamento sobre estes três tipos de exames de imagem.


Mamografia:


A mamografia ou mastografia é um exame onde as imagens são obtidas com um mamógrafo, aparelho que aplica pequenas porções de raios-X para gerar radiografias das mamas.

O exame identifica microcalcificações (pequenos cristais de cálcio que se depositam em lugares diversos do corpo), assimetrias, nódulos ou lesões nas mamas, que não seriam possíveis de identificar com a simples palpação. “Quando a gente faz a mamografia, e este exame gera alguma dúvida, levamos imediatamente a paciente para o ultrassom”, explica a Dra. Edna.


Ultrassonografia:


De acordo com a médica, a ultrassonografia vem para complementar à mamografia. Em caso de aparecer alguma lesão suspeita neste exame, a paciente é levada para a ultrassonografia, para avaliar a mama também em outros aspectos e em outros ângulos por meio do ultrassom. “No caso de acharmos algum nódulo neste exame, já encaminhamos a paciente para a ressonância”, diz a médica.


Ressonância Magnética:


Neste exame, é feita a injeção do contraste, onde se consegue avaliar a mama de uma forma bem global, analisar as estruturas adjacentes, a axila, a musculatura. “Daí, conseguimos um laudo mais completo, onde podemos ver se aquele nódulo é suspeito ou não, como ele comportou em relação ao contraste”, diz a Dra. Edna.

Importância do Sistema Integrado:


De acordo com a Dra. Edna Cristina, com os três métodos de imagem que formam o sistema integrado, se consegue avaliar a mama da paciente de todos os ângulos e de todas as formas possíveis. “Com isso, a paciente já sai da Clínica com um diagnóstico mais preciso e mais detalhado sobre sua lesão para o médico dela ver como deve proceder”.

9 visualizações

©  2018  Clínica Radiológica Rio Verde

  • mailB
  • White Facebook Icon
assinatura branca pqn.png