©  2018  Clínica Radiológica Rio Verde

  • mailB
  • White Facebook Icon
assinatura branca pqn.png
Search
  • siteradiologicarv

DICAS DE SAÚDE: Osteoporose, saiba o que é e como prevenir



Com certeza você já ouviu falar ou conhece alguém que sofra de osteoporose. Isso porque essa é uma das doenças ósseas mais comuns. Estudos realizados recentemente pelo Ministério da Saúde revelaram que cerca de 10 milhões de brasileiros têm o problema.


Clinicamente falando, a osteoporose é a perda de massa óssea. O osso vai diminuindo sua densidade por causa de diversos fatores, até que atinge um ponto de extrema fragilidade. Assim, pode haver uma fratura a partir do mais leve contato.


Apesar de ser algo natural, é preocupante e deve ser avaliada com frequência. Uma perda de 10% na coluna pode dobrar o risco de fratura nas vértebras, enquanto uma redução de 10% na massa óssea do quadril aumenta em 2,5 vezes as chances de quebra da bacia.


INDICAÇÕES DO EXAME

De acordo com a idade:

Todos os homens a partir dos 70 anos

Todas as mulheres a partir dos 65 anos

Mulheres: 40 anos – na transição menopausa

Homens: 50 anos – com fatores de risco para fraturas


Outros:

- Adultos com antecedentes de fratura por fragilidade, condição clínica ou uso de medicamentos associados à baixa massa óssea ou perda óssea

- Indivíduos para os quais são consideradas intervenções farmacológicas para osteoporose

- Indivíduos em tratamento para osteoporose para monitoramento de sua eficácia

- Indivíduos que não estão em tratamento, porém nos quais a identificação de perda de massa óssea possa determinar indicação para tratamento

- Mulheres interrompendo a terapia de reposição hormonal


FATORES DE RISCO

Mulheres:

- Raça branca

- Baixo peso corporal (-55kg)

- Fratura prévia por baixo impacto após os 40 anos

- Histórico familiar de fratura após os 50 anos

- Corticoterapia prolongada (+de 3 meses)

- Uso regular de bebidas alcoólicas

- Sedentarismo


COMO PREVENIR

A principal forma de prevenção é a alimentação. É preciso consumir alimentos que consigam fornecer as quantidades ideais de cálcio para o organismo, além de vitamina D e de outros elementos, como magnésio e fósforo. Dentre eles: leite e derivados, peixes gordurosos (como o salmão), fígado e óleo de fígado, verduras verdes e leguminosas (feijão, grão de bico, lentilha) dentre outros.


ATIVIDADE FÍSICA

Atividades como corridas e caminhadas são essenciais não apenas para prevenir a fraqueza óssea, mas para auxiliar em todo o funcionamento do organismo.


Por fim, uma boa forma de evitar a osteoporose e controlar seu avanço é consultar-se com um ortopedista e fazer exames para avaliar a densidade óssea. Mulheres acima dos 65 anos e homens com mais de 70 devem realizá-los anualmente.


DENSITOMETRIA ÓSSEA

A Densitometria Óssea é um exame considerado padrão ouro para ajudar a detectar a osteoporose antes de uma fratura. É um exame de imagem simples, indolor, semelhante a uma radiografia, mas com menos radiação, que possibilita visualizar a densidade mineral óssea. Dura em média 5 minutos. Com ele, é possível os médicos avaliarem a existência da osteoporose ou até mesmo preveni-la.


Gostou da informação? Para saber mais sobre este, ou outros exames oferecidos pela Clínica, é só agendar uma consulta ou ligar (64) 2101-8950 ou 99208-1280.

17 views